Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Generalidades

Generalidades

09
Mai23

Poligrupo diz-lhe alguma coisa?


Vagueando

 

Cópia do contrato e de um recibo da Poligrupo

Aqui estou eu a dar mais uma volta pelo passado.

Nos anos oitenta os Bancos ainda não tinham descoberto o filão de dar crédito para a malta gastar à tripa forra e, se não me engano, existiam até algumas restrições na concessão de crédito para alguns fins.

Restringido ou ainda não previsto pelos Bancos, o crédito para aquisição de automóvel não existia.

Bom como sempre a necessidade aguça o engenho e trafulhice também, começaram a aparecer uma empresas que reuniam um grupo de pessoas, dispostas a comprar carro.

O número de pessoas que constituíam um grupo, liquidavam mensalmente as suas prestações e o valor de todas elas, permitia que o grupo adquirisse dois carros. Esses dois carros eram atribuídos aos participantes, um por sorteio e o outro por licitação, ficando com o carro o autor da licitação mais alta.

À medida que se avançava no tempo, a possibilidade de se obter o carro aumentava, pois os participantes sem carro eram cada vez menos.

Embarquei, com mais 120 pessoas numa coisa destas, com a Poligrupo, Ldª, para adquirir o meu primeiro carro, um Fiat Un 60 SL, tendo assinado contrato em Outubro de 1984.

Fazendo aqui um à parte, nunca percebi como aquela ideia da FIAT em juntar dois satélites ao lado do volante não vingou, eu gostava bastante, pois permitia que se operasse todos os sistemas do carro, com exceção da climatização e do auto rádio. O cinzeiro (fumava-se muito nos anos 80, vicio que nunca tive e não deixava ninguém fumar dentro do meu carro) era móvel, podia estar mais para a esquerda ou mais para a direita.

Inkedfiat-uno-1983_3 (1).jpg

As setas a vermelho mostram os satélites do lado direito e esquerdo do volante

Enquanto durou o meu contrato (60 meses) algumas empresas ficaram com a massa do pessoal e carros nem visto. Aí comecei a assustar-me e com ajuda dos meus pais licitei o carro, cerca de 3 anos depois do início do contrato e tive que o ir levantar a Portimão porque entretanto começaram a existir listas de espera.

Com a Poligrupo acabou tudo por correr bem e lá comprei o meu carrito com o qual fiz muitas viagens sem nunca ter tido o mínimo problema.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub