Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Generalidades

Generalidades

15
Jan24

Os almoços do PC e a Global Media Group


Vagueando

Antes de mais um esclarecimento – PC do título – não se refere ao partido Comunista, mas sim a Presidente da Câmara, neste caso de Sintra.

A revista Sábado já tinha se tinha posto à mesa com o Presidente da Câmara de Oeiras, Isaltino Morais e como a resposta deste culminou numa lista de restaurantes (bons, digo eu) em Oeiras e até teve direito a entrar no programa Isto é Gozar com Quem Trabalha do RAP o que até pelos piores motivos é sempre boa publicidade, voltou à carga com mais um número autarco-gastronómico.

Desta vez o escolhido foi o Presidente da Câmara Municipal de Sintra. Neste caso, em vez dele, até eu podia fazer uma de várias listas dos melhores restaurantes do Concelho.

A técnica usada foi a mesma, demonstrar ou melhor, levar o pessoal a pensar que anda tudo a banquetear-se com o nosso dinheiro, usando como prova as contas de vários restaurantes e que não foram cumpridas as regras do bom uso do dinheiro público, de todos nós não é verdade?

Confesso que os valores apresentados nas faturas desfiadas pela Sábado não me impressionaram por aí além e também não devem ter impressionado muito a revista, uma vez que por vezes faz infusões de ostras e de copos de vinho neozelandês ou “xampánhe”, para aromatizar as contas com indignação q.b. para provocar azia no leitor.

Eu percebo, regras são regras e à mesa para além do pecado da gula cometem-se outros, mais ou menos graves e o dinheiro público tem que ser muito bem gasto e ainda melhor controlado.

É que, se não é parece, a corrupção só ocorre com políticos e tudo o que não o é, seriam potenciais corruptores, mas não. São puros sangues, desculpem queria dizer puros santos, que não corrompem ninguém e com reserva garantida de lugar o céu.

O que é que isto tem a ver com o Global Media Group? Tudo.

É aos jornalistas que compete, com isenção e pluralismo, investigar e noticiar o que de errado se passa na sociedade mas, ao que parece não conseguiram ver o que se estava a passar de errado na sua própria casa, ou seja na casa do DN, do JN, da TSF, ou muito pior, conseguiram ver e nada disseram.

Não é o povo quem mais ordena, mesmo quando vota, são os mercados, os offshores e a opacidade financeira quem manda e, neste caso, manda quem pode, obedece quem não é parvo.

Foi assim que se chegou à TINA – There is no Alternative.

Já ninguém se lembra da crise do subprime nem o que a provocou, mas de tempos a tempos, a culpa da bancarrota em Portugal – foi do PS – como se os nossos bancos privados tivessem sido uns santos.

Ao que parece não foram, mas também (ainda) ninguém foi julgado por isso.

23
Ago23

Férias de merda


Vagueando

Infelizmente, às vezes, felizmente poucas, comentamos que as nossas férias foram uma merda.

Esquecer em casa qualquer coisa de importante, um voo atrasado, um hotel ou praias que venderam nas fotos gato por lebre, uma doença, bagagem perdida, comida de má qualidade nos restaurantes (caros), multidões, filas para isto e para aquilo…

Para lá dos imprevistos, acontece que as nossas escolhas (alegadamente conscientes) acabam mesmo por nos levar a ter as tais férias de merda.

Eis três exemplos;

  1. Estamos na merda - Sobe para oito o número de mortos encontrados depois de realizarem visita guiada a um esgoto de Moscovo
  2. Que merda é esta? - Turistas correm às 7 h para garantir lugar nas espreguiçadeiras
  3. De férias com o Ambiente - Turistas fazem fila para carregar baterias a caminho do Algarve

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub