Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Generalidades

Generalidades

16
Set23

Os Radares Salvam Vidas

O cumprimento do Código da Estrada também


Vagueando

Os novos radares estão a ser “vendidos” em campanha, sob o lema Os Radares Salvam Vidas.

Para já o que se notou foi aumento colossal de multas que, em tão pouco tempo, conseguiram emitir.

Se serão todas pagas ou não, isso é outra história.

Este aumento de multas deriva da tendência que os portugueses (ainda) têm para pisar com demasiada força o pedal do lado direito e também a falta de respeito que têm pela sinalização vertical (mesmo quando ela é clara e coerente) que proíbe a circulação acima do limite indicado pelo  Sinal C 13.

Não sou contra os novos radares e admito que com o tempo as multas vão chegar a casa, ao atingir a carteira dos incautos ou dos incumpridores, a redução da velocidade nos troços controlados pelos novos radares reduzirão a sinistralidade grave, não necessariamente o número dos acidentes.

O que lamento é que se combata a sinistralidade muito mais pelo lado da velocidade do que pelo controlo/fiscalização de manobras insanas em muitos outros locais, onde não existem câmaras nem fiscalização, sobre o mesmo problema.

Dou como exemplo dois semáforos ligados a radares, na EN9 localizados em ambos os sentidos, entre o entroncamento da Lagoa Azul e rotunda do Linhó e que se encontram ali montados há vários anos.

O limite de velocidade é de 50km/h, a estrada tem duas faixas de rodagem para cada lado, existem duas passadeiras de peões entre estes dois semáforos.

Recorrentemente, muitos automobilistas optam por não respeitar o limite de velocidade, nem tão pouco o sinal vermelho. Não existem câmaras, nunca vi ser feito ali qualquer tipo de fiscalização.

Neste sentido, gostaria de deixar as seguintes perguntas;

1. A instalação destes radares e semáforos neste local, obedeceu ao critério de redução de salvar vidas?

2. A instalação destes radares, ligados ao sistema de semáforos que obrigam o trânsito a parar quando o limite de velocidade foi ultrapassado, diminuiu a sinistralidade, ou seja, salvou vidas?

3. Na eventualidade de não ter sido reduzida a sinistralidade, que outras medidas foram tomadas para o efeito?

4. Sendo possível, do ponto de vista legal, fotografar veículos em excesso de velocidade, quer através de radares fixos, quer através de radares móveis, por que razão não se fotografa veículos em excesso de velocidade que, adicionalmente, desrespeitam a obrigatoriedade de parar no sinal vermelho?

A última questão que gostaria de colocar, voltando ao novos radares, nomeadamente no IC 19, a estrada que mais percorro, é se a par do novo sinal que informa a presença deste radar nesta via, não deveria ter existido o cuidado de substituir, rever toda a sinalização existente ao longo do seu percurso, tanto mais que existem sinais já queimados pelo Sol e pinturas no pavimento que estão erradas, como é o caso da pintura no entroncamento (sentido Sintra Lisboa) do Estado Maior da Força Aérea, conforme fotos e legendas abaixo?

Ou isso agora não interessa nada, porque já estamos a faturar?

Barcarena.jpg

O sinal assinalado a vermelho indica o quê? Faz sentido, colocar-se nova sinalização numa das vias mais movimentada do país e deixar chegar os sinais anteriores a este estado de degradação?

Alfragide.jpg

A linha contínua assinalada a azul está fora do local que deveria sinalizar, ou seja, impedir que alguem que circula nas faixas da esquerdo ou do meio, possa sair do IC 19. A saída que se vê na parte de baixo de foto, nem sequer tem este tipo de proteção uma vez que a linha contínua foi pintada já depois do entroncamento.

Quem fiscaliza estas situações?

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub