Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Generalidades

Generalidades

15
Dez22

Depois de "Aquele Abraço de Gilberto Gil", Aquele encontro


Vagueando

Depois de Aquele abraço de Gilberto Gil, aquele encontro dos bloggers Sapo.

Aquele encontro não foi de Natal, mas teve espírito natalício.

Aquele encontro não reunia famílias, na medida em que ninguém era parente de ninguém, mas reuniu uma família de desconhecidos para se conhecerem.

Aquele encontro não era para celebrar o Natal, mas tinha tudo a ver com o Natal.

Aquele encontro não foi na véspera, nem no dia de Natal, mas foi no mês do Natal.

Aquele encontro não foi na Lapónia, na casa do Pai Natal, mas foi na vila da Ericeira, cuja história remonta a 1.000 A.C.

Aquele encontro não teve árvore de Natal, nem presépio, mas tinha muitas árvores de Natal e presépios escondidos.

Aquele encontro não foi uma ceia de Natal mas, ainda assim, houve repasto.

Aquele encontro foi o juntar de várias Greenideas, ( Natal também é musgo e o musgo é verde) juntou pessoas, Entre Pessoas e Coisas da Vida, em que se olhou para Os Lados AB do Natal, com a beleza de gozar a Liberdade aos 42 e com tanta boa disposição constatou-se que, Com um Sorriso Chegas ao Infinito.

Naquele encontro, falou-se sobre Generalidades, sobre Contos por Contar , e sobre Folhas ao Luar que saltavam com o movimento dos Pássaros sem Poiso , foi uma bela antecipação da celebração de Natal e de contos de Natal, escritos a várias mãos, espelhando várias sensibilidades, cheios de imaginação dos bloggers Sapo e, imaginem, compilados em livro, sim num livro, daqueles de papel, com uma capa a cores, desenhada pela mão quem embala a  Cor da Escrita  .

Foi um (encontro) um Natal, onde recebi uma prenda que, depois de lida, foi guardada na minha estante, devidamente aconchegada ao lado do livro de contos de Natal do ano passado, mas este com sabor a tesouro, pelo valor especial que lhe foi adicionado, os autógrafos de todos os autores/participantes neste evento.

Nunca me passou pela cabeça, nem sequer em sonhos de Natal, que um dia estaria presente, ainda por cima como autor, no lançamento de um livro de contos de Natal e muito menos contar com a presença da consagrada escritora Alice Vieira, que também participou no livro e abrilhantou o encontro.

Ainda não tenho netos, para ler contos de Natal, mas quando os tiver, será este conto do encontro de Natal, o primeiro que contarei ao meu neto ou à minha neta, dizendo-lhe que, tal como era uso no meu tempo, o Natal é quando nós quisermos, desde que o espírito natalício esteja presente, como foi o caso.

Este é o meu conto de Natal para este ano, porque representa a prenda que nunca recebi, o sonho que nunca sonhei, mas que doravante sonharei.

Este encontro mágico foi na Ericeira, a Vila azul do mar, do céu, da cor que ornamenta muros e casas, da cor da tranquilidade, da harmonia, da serenidade.

Para dar  cor, corpo, voz e um cheirinho a Natal, a este conto, sei que ele agora vai agora juntar-se a todos os outros, que estão a ser escritos pelo bloggers Sapo, na Casa do Pai Natal.

Lá chegado, os duendes cheios de alegria e energia, vão proceder à sua organização, tratar do prefácio, juntar-lhe uma capa e fazer com que cheguem à gráfica.

Depois os duendes tratarão de todo a logística para organizar um novo encontro.

Os Reis Magos transportarão os livros até  ao próximo encontro, onde serão recebidos (os Reis e os livros) com carinho e alegria.

Como a família Sapo que esteve reuinda na Biblioteca da Ericeira já foi aqui devidamente exibida, partilho (no link abaixo) as imagens do meu sonho, que nunca sonhei, mas que captei com  a ajuda de uma lente.

https://photos.app.goo.gl/qLtJ4arvQVjfbr98A

Depois deste encontro, aquele (meu) abraço para todos vós .

Vagueando

17 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub